Espectáculos

I Love SP

Outubro – Novembro, 2011

Quase que nos parece ter sempre diante de nós, como recompensa, uma terra ainda por descobrir, prometida. Uma terra sem divisões, sem fronteiras, um mundo tão cheio de beleza, de coisas estranhamente interessantes, perturbantes, temíveis e divinas. E no meio disto que parece estar sempre diante de nós, quando olhamos com mais atenção, vemos uma enorme passerelle feita de merda atolada de pavões a desfilar. No entanto, e sem grande explicação lógica ou científica, eis que, apesar do que sabemos estar a ver, surge inquestionavelmente uma possibilidade avassaladora: neste momento, tu podes estar apaixonada por mim, podes ter-te apaixonado por mim desde que isto começou. Mas eu não sei. E neste mesmo momento, eu posso estar apaixonada por ti. Mas tu nunca o saberás. À medida do quê quantificável que cada um queira usar como referência, tudo acontece de um modo involuntário, consideravelmente exponenciado, como num ciclone de sentimentos de liberdade. Aqui partilhamos algo tão forte que se sobrepõe à necessidade de nos conhecermos uns aos outros.

 

Criação e Interpretação: Pedro Barreiro | Silvana Ivaldi

Participação especial: Rafael Mendes

Vídeo: Danilo Amaral

Fotografia: Natália Lima Castro

Satyros 1, São Paulo – Brasil