Outros Trabalhos

MASTODONTE

MASTODONTE

– ensaio em três partes para a cura da bondade –

de Óscar Silva e Ricardo Marques

Outubro, 2016

Este é um ensaio sobre a angústia de um homem que tem de escolher entre a libertação olímpica ou encontrar o seu destino na terra como comediante condenado ao desaparecimento. Em cena há um actor, um homem que tem tudo o que pode desejar, mas que, no entanto, quer mais. Tem o desejo constante de se transfigurar e saltar de personagem em personagem. Para ele, a salvação só pode chegar do infinito. Está sempre entre a agressão e a piedade, e a consciência da técnica não o deixa descansar. Mastodonte manifesta-se assim no corpo e na voz deste homem que não escapa à brutalização do amor, nem do massacre.

 

Texto: Ricardo Marques

Interpretação: Ágata Pinho | Óscar Silva

Composição sonora: Cristian Vogel

Cenografia: espinalMedula

Desenho de Luz: Tiago Correia

Apoios: University of the Arts London – Central Saint Martins; Ugly Duck; RARI Auto|Tech; Dansk Komponist Forening; Acção Teatral Artimanha; Incubadora D’artes – Santarém; Vitor L. Martins.

 

  • Outubro, 2016, Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa – Portugal;
  • Maio, 2017, Teatro Municipal da Covilhã (Festival contraDANÇA), Covilhã – Portugal;
  • Setembro, 2017, Teatro Sá da Bandeira, Santarém – Portugal